Tô chegando...

3 de jul de 2012

29/60... Uma vida além da RA!

Bom dia!
Como estão?!

Meu dia ontem fou tranquilo, não contei as notas mais anotei tudo e me alimentei bem, jantei comida, coisa que não costumo fazer mais como comi cedo e dormi tarde acho que não tem problema.
Não fiz AF, tirei meu dia de descanso, segunda feira pra mim é o dia da preguiça então pra não ficar me martirizando malhei no fim de semana pra descansar na segunda...

Como disse no titulo hoje estou sentindo minha vida além da RA, todas nós temos uma vida, uma família, trabalho, estudos, problemas enfim...

Hoje não estou bem... Saí de casa pra trabalhar e deixei meu filho chateado comigo, chorando... Estou com o coração sangrando... Quem é mãe e trabalha fora deve entender bem o que estou sentindo, quando "tercerizamos" a criação dos filhos tem momentos que algumas decisões não podem ser tomadas por nós mesmas e isso me mata!

Explico, quem cuida do meu filho é minha sogra e minha mãe, se fosse pra deixar com outra pessoa certeza que não conseguiria, essa semana é semana de recreação na escola e meu filho quer ir mais minha sogra não quer deixar... E eu não me sinto confortável em "exigir" isso dela... Ela cuida bem demais dele, ama muito, é avó mais tem horas que eu gostaria muito de poder estar em casa com ele, pra fazer essas pequenas vontades...

Nesses momentos vem aquela sensação de estar fazendo as coisas erradas... De querer largar tudo só pra ficar em casa com ele mais como dizia um colega meu, os filhos se vão, eles crescem, se casam e você vai ficar sem ele de uma certa forma...

Enfim hoje não estou bem, se tem uma coisa que me tira o foco são esses "detalhes de amor"...

Tenham um lindo dia e desculpem o desabafo...

Beijos.

Foto do perfil
Eu e minha vida!

21 comentários:

Amélia Calórica disse...

Imagino muito bem e sei o que estás sentindo Estrela , antes de dizer qualquer coisa que carinha mais linda que ele tem um fôfo, tem carinha de sapeca e feliz... Mas amiga é uma escolha tua trabalhar fora e eu acho bem correta embora eu faça o contrário fico em casa para justamente poder viver estes momentos ser deles 24 horas, só que por outro lado é uma doação que exige muito de mim, entende ...
Mas sempre que fazemos escolhas algumas coisas vão tendo que deixar de ser prioridade , melhor dizendo há perdas...
Não fique triste tá depois vc o recompensa com momentos de grande alegria ele vai entender e vc está preparando tua vida para o futuro... Emprego x estabilidade x satisfação... beijos Dani

An@ disse...

Que foto maisssssss lindaaa...adoreiii!
Então estrelita...tbm me sinto assim às vezes...vc ainda tem esses dois anjos com os quais vc pode contar..eu aqui não tenho ninguém...
Ele sempreeeeeeeeee vai pra escola...e de manhã (Graças a Deus) ele consegue ficar em casa comigo...mas tbm fico com o coração bem em fangalhos qdo ele pede pra brincar mas não certo...não dá "tempo"...Estou fazendo destas minhas férias um momento de entrega a ele..vamos ver se funciona...
Não fique assim...sua sogra e mãe sabe o que faz...é duro, corta o coração, mas vc precisa contar com elas...

Super beijo e força aí!
Adorei a ideia da Segunda..rsrsrs

Fátima Duarte _ Na luta Contra a Balança! disse...

Oi Estrelinha...não fique triste não...infelizmente temos que passar por essas coisas, eu também tenho e tive que " engolir " muita coisa, só pelo fato de saber que a minha pequena está sendo bem cuidada. E é isso que vc tem q ter em mente, é chato é, mas é o preço pra q vc tenha certeza que ele está bem...Tbm trabalho fora, e as vezes trabalhar fora pelo menos no meu caso é uma questão de necessidade, para buscar dar o melhor para minha filha...Acho que no seu caso vc pensa da mesma forma...
Vc é uma pessoa tão iluminda, tão amiga, acredito que deve ser uma Mãe maisquedemais e concerteza irá compensar seu filho de outras formas...
Vcs são lindos...ainda não tinha visto nenhuma foto sua...
fke com Deus...

kelen disse...

Bom diaa estrelinhaa !!!
Que ótimo te conheçer vc é lindaa e seu filho muitooo lindo tbm rsrsrsr
Não é fácil né , esses pequenos nos matam as vezes , não tenho filhos ainda mais tenho um irmão que é como se fosse rsrsrsr
Relaxa amiga , quando chegar do trabalho converse com seu pequeno e cubra ele de carinho que ele nem vai se lembrar da festinha da escola
Bjkass lindo dia pra vc
Te +

Carol disse...

oi querida
eu ainda nao sei bem o que é isso nao tenho filhos
mas eu imagino que nao deve ser facil mesmo
é uma situação complicaad..mas ele sabe o quanto vc ama ele tenho ctz disso
=D
um beijo

An@ disse...

Conte comigo sempreeeeee...
Bjão

Giovanna disse...

Brilhosinha ta apagadinha hj. Ue pq nao conversa com ela para levar pelo menos um dia ou dois. Com jeitinho . Fique bem um beijo enorme.gi

Roh Jardim disse...

Nossa entendo perfeitamente o que vc diz
Hoje em dia eu não trabalho fora, mas já trabalhei e minha mãe que ficava com meus 3 filhos, mas eu não aguentei ficar longe deles e abri mão(por enquanto) da minha vida profissional.
As vezes acho que fiz certo horas acho que fui fraca.
Mas enfim estou aqui curtindo o único momento da vida que eles são realmente meus porque depois eu sei que irão para a vida e eu vou ficar para escanteio.
Mas flor, se vc tem que seguir firme trabalhando então siga e deça a Deus para acalmar seu coração porque sei muito bem como vc está se sentindo
bjão
http://mundorohsa.blogspot.com.br/

Fernanda disse...

Oi...Estrela...valeu pelo livro tá...nossa é complicado essa vida de dupla jornada mãe e funcionária...mais o que custa levar o seu filho na escolinha?Ela não quer porque?Estranho...mais fazer o que né a dependência nos impede de falar..Bjos e espero que ao voltar pra casa o seu filhote te abrace e bem forte e que esse sentimento de culpa desapareça...:Bjos

dea martinez disse...

Sempre que ficar tristinha assim, pense que você também já foi criança e que seus pais também já lhe negaram coisas... hoje em dia você já superou essas negações e ama eles incondicionalmente, apensar disso. Seu filho vai te amar de qualquer jeito, fique tranquila tá :) Eu fui criada por terceiros também, sou muito feliz e amo minha mãe! Beijos lindona

Thássia S. disse...

Eu sei o que você está sentindo! Mas fique feliz pois pelo menos tem com quem deixá-lo! E eu que qnd ele esta de ferias tenho que levar pro trabalho comigo!! É bem pior, te garanto!

A vida de hj é assim mesmo, mas a gnt compensa dando muito amor! Ele sabem o qnt a gnt ama! E já marquei o cinema com ele pra compensar essas NÃO-FÉRIAS! kkk

Se cuida!! Bjaummm

Fátima Amorim disse...

que lindo seu filhinho amiga, calma que tudo vai passar, xero se cuida tá?

Fabi Lange Brandes disse...

avida é feita de escolhas... sorte, forç, foco e fé.
beijis

Mary disse...

Minha opinião: conversa com a sogra sobre as coisas de uma forma educada, tranquila e com educação. Mas conversa. Ela é avó, tu deves muito a ela pelo carinho com que ajuda a criar teu filhote, mas é importante pra ele interagir com outras crianças sim e fazer recreação também estimula o aprendizado, a desenvoltura, a inteligência. É bom pra ele. COmo ela o ama, vai entender se for falado com jeitinho.
Beijo e força aí.
;)

Novo jeito de Viver disse...

Sei bem o que passa, tenho 2 filhos e deixo com a baba, escola e minha mãe. Trabalho a 60Km da minha casa e nem levar e buscar na escola consigo, o que me tranquiliza é que acredito que sou a melhor mãe que posso ser e do jeito que as coisas estão cada vez mais dificeis com certeza minha filha tera que trabalhar fora e meu filho uma esposa que trabalhe fora e assim sentiram menos culpa, pois eu já fazia isso.
Bjs e força.
Gi
novojeitodeviver.blogspot.com.br

RAQUEL FREITAS disse...

que lindo seu filho amiga,tenho os mesmos problemas com minha sogra,mas eu fico em casa com ela o dia todo,mal vejo a hora dela crescer e eu poder trabalhar fora.ela é um grude comigo,to aki digitando e ela grudada no meu peito,mamando,as vezes qndo tenho q sair e deixar ela com minha sogra,se demoro me da um aperto no peito...filhos são assim mesmo,é um amor tão grande que chega doer,só quem é mãe pra saber. boa quarta!bjo*

buscandoequilibrio disse...

Oi Estrela, querida, imagino como o coração ficou pequeno e apertado. Eu não tenho filhos, mas imagino que seja super complicado gerenciar as emoções, o trabalho e os filhos. Fique bem aí!!!
Linda sua foto com o filhao!!!
Beijocas e ótima semana! :-)
Carla Pancha

Va disse...

Imagino como é difícil..
Bem tenta conversar com a sogra e ver o pq ela não quer deixar seu filho ir.. as vezes conversando conseguimos mudar um pouco a opinião alheia.
A foto está bem bacana..
bjoss Va.
http://justva.blogspot.com.br/

Emagrecendo com Reeducação Alimentar!!♥♥♥ disse...

Oi estrelinha queria dizer q estou mto feliz em te ver vc é mto linda e seu filho um gatooooooooo...Bom sei bem o q passa,já passei por isso...Agora tô curtindo ele bastante..mais a vida é assim não se abale por isso..Bjos♥.

elly disse...

Oi amore
participe do meu novo sorteio
é para 2 ganhadoras agora!
Fique com Deus!!!
super beijo ✿◠‿◠)✿
@barbielieth
www.coisasdeladdy.com
http://www.facebook.com/coisasdeladdy

Ramona disse...

Lindo o sorriso do seu bebê, eu não sou mãe ainda, mas tenho dois sobrinhos que amo demais e cuido deles com todo carinho assim como devem fazer sua mãe e sua sogra com seu pequeno. Bjs!